UMA DIETA AMIGA DOS DENTES

Alimentos fibrosos, como os legumes e as frutas frescas, já recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para uma alimentação balanceada, também contribuem para a limpeza dos dentes, ajudando a prevenir cáries e a manter uma boa saúde bucal. São os chamados alimentos limpadores ou protetores, que incluem a pera, a maçã, a melancia, o kiwi, a cenoura e o pepino.

Por serem duros (ou adstringentes dependendo do caso), esses alimentos são capazes de limpar a superfície dos dentes por meio do próprio atrito provocado pela mastigação, removendo resíduos e placa bacteriana.

Apesar de contribuírem para a higiene bucal, não substituem a limpeza com creme e fio dental, que idealmente deveria ser feita após toda refeição.

De maneira geral, esses alimentos fibrosos são ricos em vitaminas e ácido fólico, tendo baixo teor de açúcar e menos gordura, se comparados aos alimentos considerados vilões da saúde bucal.

Em contrapartida, o mel e o açúcar, refrigerantes, balas, bombons, bolachas doces e recheadas, entre outras guloseimas consumidas no dia a dia, produzem ácidos que reduzem o pH da saliva, o que aumenta a proliferação de bactérias e o risco do desenvolvimento da cárie. Alimentos industrializados, ricos em ácidos e substâncias químicas nocivas, podem desmineralizar a superfície do dente, causando erosão e sensibilidade dental. Os excessivamente corados, como café, refrigerantes à base de cola e suco de uva, quando consumidos com muita frequência, podem corar os dentes, escurecendo-os.

 

Dessa forma, explicamos pra a turma do 2º ano B através de um vídeo no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=dppPqQ7fimo

Então fizemos uma divertida dinâmica banana e cenoura, exatamente como foi passado no vídeo do Sidi o Cientista. Cada criança recebeu a Banana e a Cenoura e pode ir até o espelho para então observar a função dos dentes.

Atividade abordada com a

Nutricionista Alessandra e a Professora Renata.

Leave a Reply